Luxury Marketing

MARKETING DE LUXO – Pequeno guião para construir marcas surpreendentes

Breves conclusões #luxury

  • O luxo deve ser mais sentido do que mostrado e visto.
  •  O fenómeno da “premiumização” originou novas marcas e conceitos de produtos.
  • No marketing de luxo, os produtos devem ser superiores e raros.
  • Os produtos de luxo não surgem de estudos de mercado.
  • Consomem-se por prazer e competição social.
  • O luxo proporciona felicidade.
  • O preço é um critério de diferenciação e desejo.
  • Um aumento do preço normalmente aumenta a procura.
  • As marcas de luxo apostam em espaços comerciais de experiências.
  • A distribuição é seletiva e controlada.
  • A comunicação assenta em crenças e valores da marca.
  • No mercado do luxo a compra pode realizar-se apenas uma ou poucas vezes.
  • Os compradores no lugar de se fidelizarem podem apenas tornar-se prescritores.
  • O luxo não é, nem nunca será para todas as marcas e não é para todos os consumidores.

Luxury Marketing Specialist: António Paraíso